"EM DEUS NÓS CONFIAMOS" - DR. CLAUDIO FREIDZON

21/05/2020

Tempo de leitura: 4 minutos e meio

Nossa confiança em Deus é o alimento da nossa fé. Acreditamos em seu poder sobrenatural e em sua fidelidade que sempre se manifesta a tempo.

O propósito das maravilhas de Deus é que o mundo crie. Que cada pessoa possa ter a oportunidade de ser tocada por seu poder.

No Atos 19:11 [RV 60] diz a Palavra de Deus. "E Deus realizou milagres extraordinários pelas mãos de Paulo, de modo que os panos ou aventais de seu corpo ainda eram levados aos enfermos, e as doenças os deixavam e os maus espíritos os deixavam."

Quão importante é considerar que os milagres ocorreram através de um homem transformado pelo amor de Deus, com uma nova vida; um novo coração!

Mas milagres são de Deus, maravilhas pertencem a ele ... milagres não são do homem.

Simplesmente somos nós que clamamos e esperamos.

O Senhor operou milagres em Éfeso; um lugar de idolatria absoluta, ali o nome de Jesus foi pregado e exaltado, porque as manifestações de seu poder foram dadas de maneira extraordinária.

Pablo foi levado para aquela cidade para viver uma experiência que superou o poder de Deus.

Esses eventos nos levam a refletir que devemos "focalizar" nosso tempo de adoração. Muitas vezes, a excessiva "familiaridade" com a religião nos afasta do foco no qual devemos focar nossos corações ... Cristo.

Nossa total confiança deve estar enraizada no Deus extraordinário que temos.

A condição humana que devemos adotar é a de concentrar nossa atenção no tempo que dedicamos à oração, igreja, louvor e adoração, na esperança de nos edificar na fé, ansiando pelo que acontece tantas vezes na Bíblia.

Em João 21: 3 [RV 60], a Palavra de Deus nos fala de um evento que impactou os discípulos de Jesus.

"Simão Pedro disse-lhes: eu vou pescar. Disseram-lhe: Vamos também contigo. Eles entraram em um barco; e naquela noite eles não pegaram nada ".

Este episódio narra a condição daqueles homens que ouviram rumores sobre a ressurreição do Senhor, mas cujos corações estavam prontos para a descrença e fechados para a esperança; mas, a partir do próximo verso, tudo mudaria em suas vidas(…) Quando já era madrugada, Jesus apareceu na praia; mas os discípulos não sabiam que era Jesus. ” [JN. 21: 4 KJV]

Depois disso, o Senhor entra em contato com eles e ocorre um milagre extraordinário: "E ele lhes disse: Filhinhos, você tem algo para comer? Eles responderam: Não. Ele lhes disse: Lança a rede à direita do barco, e você encontrará. Então eles jogaram fora e não conseguiram mais tirá-lo, por causa do grande número de peixes. ” [JN. 21: 5-6 KJV]

Todo milagre contém dois componentes: Deus e Sua Palavra, por um lado, e fé, por outro.

O Senhor propôs a solução para uma noite malsucedida de pesca e os pescadores aceitaram.

O Deus Todo-Poderoso em que confiamos é revelado mais uma vez neste capítulo com um fato sobrenatural poderoso.

No meio do fracasso; No meio da escassez, mesmo no meio de "redes vazias", o Senhor está sempre presente quando nossa fé desencadeia nosso relacionamento com ele.

Que Cristo ressuscitado é o mesmo Deus em quem confiamos e que não mudou. Vamos continuar depositando nossa esperança nEle.

O Senhor aparece nos momentos mais difíceis; Sua fidelidade nos leva a fortalecer nossa fé.

“Então aquele discípulo a quem Jesus amava disse a Pedro: Ele é o Senhor! Quando Simão Pedro soube que era o Senhor, vestiu as roupas (porque as havia despido) e se jogou no mar. ” [JN. 21: 7 KJV 60]

Em Deus confiamos!